terça-feira, 21 de abril de 2015

Somos Brincantes de Rua...

Interpretação de "Duelo de Mágicos"...
Projeto de leitura com Cidinha Mambré


Música do grupo - Palavra Cantada
Duelo de Mágicos

Olha só o que eu achei
Nessa velha escrivaninha
Uma autêntica varinha mágica
Você pensa que é mentira
Então eu vou te transformar
Numa boboca de uma minhoca dorminhoca
Vira minhoca, vira minhoca
Você virou, você virou uma minhoca
Pula minhoca, dança minhoca
Você virou, você virou uma minhoca
Virou, virou uma minhoca
Olha só o que eu achei
Nessa velha penteadeira
Um potinho de pó mágico
Você pensa que é mentira
Então eu vou te transformar
Num peludo de um pelado
De um maluco de um macaco
Vira macaco, vira macaco
Você virou, você virou um macaco
Pula macaco, dança macaco
Você virou, você virou um macaco
Virou, virou um macaco
Acho que essa varinha
O meu pai quando criança
Usou pra ficar bem forte, rico,
Belo e o máximo!
Se você não acredita
Então eu vou te transformar
Nesse momento num elemento
Fedorento que é a besta de um jumento
Vira jumento, vira jumento
Você virou, você virou um jumento
Pula jumento, dança jumento
Você virou, você virou um jumento
Virou, virou um jumento
Acho que esse pó mágico
Minha mãe quando criança
Usou pra ficar bem linda, perfumada
Charmosinha e fantástica!
Se você não acredita
Estão eu vou te transformar
Numa gosmenta e fedida
De uma danada de uma barata
Vira barata, vira barata
Você virou, você virou uma barata
Pula barata, dança barata
Você virou, você virou uma barata
Virou, virou uma barata
E vocês que estão ouvindo
Parece que não acreditam
Na varinha e no pó mágico
Vocês pensam que é mentira
Então nós vamos transformá-los
Agorinha, adivinha numa bichinha
Bem burrinha, vocês vão virar
Um galinheiro de galinhas
Vira galinha, vira galinha
Você virou, você virou uma galinha
Pula galinha, dança galinha
Você virou, você virou uma galinha
Virou, virou uma galinha

Projeto "Borbulhando – Enfrentamentos às violências sexuais nas infâncias no Sul de Minas Gerais"


Realizamos no mês de março o segundo encontro do Projeto "Borbulhando – Enfrentamentos às violências sexuais nas infâncias no Sul de Minas Gerais". Realizado na Universidade Federal de Lavras o projeto foi aprovado no Programa de Extensão Universitária (PROEXT/MEC/2015), sob a coordenação da professora Cláudia Maria Ribeiro/DED - UFLA e promoverá formação técnica e política na temática das violências sexuais para os profissionais da Educação Infantil da rede pública municipal de cidades que integram o Fórum Sul-Mineiro de Educação Infantil, e também para Conselheiros Tutelares dos respectivos municípios.

A capacitação será realizada quinzenalmente às sextas-feiras, entre os meses de março e novembro deste ano, das 13h às 17h, na UFLA. Ao todo, serão 80 horas de curso de formação, com encontros presenciais, atividades a distância, seminários, confecção de jogos e atividades com as crianças.

Neste segundo encontro tive a oportunidade e o prazer de dividir a mesa de discussões com os colegas do grupo de pesquisas FESEX, os professores Marlyson e Carolina...




FESEX - É um grupo de pesquisa do Núcleo de Estudos da Universidade Federal de Lavras que participo. Desenvolvemos pesquisas sobre as relações entre filosofia e educação para a sexualidade na contemporaneidade com foco na problemática da formação docente. Se quiser conhecer um pouco mais acesse:

http://www.nucleoestudo.ufla.br/fesex/?author=1

7ª Edição do Programa Mesa Educadora para a Primeira Infância de Araçariguama - SP tem início com palestra 
do Professor Ailton Dias.


O objetivo do programa, que conta com a parceria do Instituto Gerdau e da Prefeitura de Araçariguama, é promover a melhoria da qualidade da educação infantil ofertada prioritariamente por instituições comunitárias, filantrópicas ou públicas garantindo à criança, em situação de vulnerabilidade social, oportunidades de brincar, aprender e ampliar seu universo cultural, vivenciando uma infância melhor.

Com foco na formação permanente em serviço e em rede de todos os profissionais que atuam nas Instituições de Educação Infantil e nas séries iniciais do Ensino Fundamental do município, a Mesa Educadora busca a qualificação da educação e dos cuidados das crianças nos seus primeiros anos de vida, possibilitando aos educadores a criação de um ambiente de aprendizagem para educar e transformar, contribuindo para a qualidade da Educação em Araçariguama.

Nesta 7ª Edição/2015 a Mesa Educadora de Araçariguama, atenderá 96 profissionais, entre eles: professores, diretores, coordenadores, auxiliares de serviços gerais, inspetores, merendeira, monitoras de transporte escolar e estudantes de Pedagogia. O Programa está dividido em duas modalidades de formação: Ciclo de formação Inicial com 42 educadoras e Ciclo de Formação Continuada com 54 educadoras, intituladas “Sócias da Mesa Educadora”.


A cerimônia de Lançamento da 7ª edição do programa, contou com as oficinas “O resgate da infância: um momento para reviver a sua infância e vivenciar o lúdico”, ministrada pelo professor Ailton Dias de Melo e Brinquedo Cantado, com a Arte educadora Mônica Pinheiro.


Mais notícias em:


http://www.guiasaoroque.com.br/noticias/7-edicao-do-programa-mesa-educadora-para-a-primeira-infancia-de-aracariguama-tem-inicio-13424


http://www.aracariguama.sp.gov.br/noticia/7-Edio-do-Programa-Mesa-Educadora-para-a-Primeira-Infncia-de-Araariguama-tem-incio

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE LINS SP REALIZA SEMANA DE PLANEJAMENTO




Este ano tive novamente a alegria de colaborar com a rede de Educação Municipal de Lins no Estado de São Paulo. Este ano tratamos do olhar educador. Da nossa necessidade de ir além daqui que se pode ver... 

Sempre é mais cômodo manter as coisas como estão, continuar repetindo tudo da mesma maneira, executar os mesmos movimentos e obter os mesmos resultados. Por essência ou comodidade o ser humano prefere se prender a referências estabelecidas a lidar com a redefinição de suas próprias crenças...

O que parece natural na verdade é fonte de nossa estagnação. Uma vez que nos tornamos prisioneiros do mesmo num mundo de mudanças ficamos impossibilitados de dialogar com o mundo e deixamos de ser agentes de transformação. Precisamos ousar uma mudança que deve começar pelo olhar. Este processo precisamos aprender e ensinar.


Confira a notícia completa em:

http://www.lins.sp.gov.br/portal/noticias/0/3/2537/SECRETARIA-DE-EDUCA%C3%87%C3%83O-REALIZA-SEMANA-DE-PLANEJAMENTO


domingo, 1 de fevereiro de 2015

Semana Pedagógica 2015 - Notre Dame - SP

Com alegria, em parceria com a editora FTD,  participamos da abertura da da semana Pedagógica do Colégio Notre Dame em São Paulo - SP... mais notícias no link do colégio...

http://rainha.notredame.org.br/geral/semana-pedagogica-2015/




Sempre é mais cômodo manter as coisas como estão, continuar repetindo tudo da mesma maneira, executar os mesmos movimentos e obter os mesmos resultados. Por essência ou comodidade o ser humano prefere se prender a referências estabelecidas a lidar com a redefinição de suas próprias crenças...
O que parece natural na verdade é fonte de nossa estagnação. Uma vez que nos tornamos prisioneiros do mesmo num mundo de mudanças ficamos impossibilitados de dialogar com o mundo e deixamos de ser agentes de transformação. Precisamos ousar uma mudança que deve começar pelo olhar. Esse processo precisamos aprender e ensinar.

Que 2015 seja um ano em que possamos ir além... 

e olhar além daquilo que se pode ver...



domingo, 10 de agosto de 2014



"Aulão"... com o alunos do Ensino Médio do Colégio Santa Cruz em Araguaína - TO...



Estamos sempre em processo de aprendizagem e isso é um desafio permanente... uma aventura. A vocação intelectual faz a pessoa sair do seu circulo fechado que o tranca numa identidade repetitiva de si mesma. O estudo orienta-se para a formação integral da pessoa, num equilíbrio entre o existente e o possível. Desenvolve nossas potencialidades.

Nesta aventura os estudantes não podem caminhar sozinhos, introduzir um método de estudo não significa apontar um caminho e sim acompanhar a caminhada. Por isso é importante que nós professores também entendamos que todo caminho se faz caminhando...



Colégio Santa Cruz - Araguaína -TO

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Próxima semana... trabalhos


Semana de Enfermagem - UNIFAFIBE


Cuidar do Olhar é
                        Cuidar de Si...




Fórum Educacional - Capitólio - MG

          A parceria entre arte e educação pode facilitar a “aprendizagem e o ensino do olhar”... Isso é importante porque aprender a pensar é descobrir o olhar. A relação entre a educação e a arte torna possível tratar com alegria e leveza alguns temas importantes e complexos da cultura e da existência, como sentido da realidade, o lugar da ciência na sociedade, as interpretações do corpo e da natureza, a relação entre arte e verdade, a transitoriedade do amor e a inevitabilidade da morte. E de modo sublime, o lugar da fantasia em nossa vida. Assim poderemos ir além pois é preciso aprender a olhar para além daquilo que se pode ver...





quarta-feira, 23 de abril de 2014

Notícia de Minas Gerais...

Seminário da Educação reúne mais de 500 pessoas no PTC - Piumhi MG...



http://www.prefeiturapiumhi.mg.gov.br/sitenovo/index.php?pg=noticia&id=825


A parceria entre arte e educação torna possível tratar com alegria e leveza alguns temas importantes e complexos da cultura e da existência, como sentido da realidade, o lugar da ciência na sociedade, as interpretações do corpo e da natureza, a relação entre arte e verdade, a transitoriedade do amor, a inevitabilidade da morte e de modo sublime o lugar da fantasia em nossa vida. A arte nos ensina a olhar além daquilo que se pode ver...

sábado, 5 de abril de 2014

Entrevista de 2012... Relembrando

Relebrando... Entrevista no Programa Escola Ativa


video

https://www.youtube.com/watch?v=uVMSy7rcwGs




As evidências cotidianas nos indicam que estamos a cada novo dia num mundo diferente. As mudanças cada vez mais rápidas às vezes não nos permitem uma reflexão clara e profunda sobre uma das coisas mais importantes para nossas famílias: A educação de nossos filhos. É comum entre nós a crença de que cumprimos nosso papel de educadores proporcionando aos nossos filhos bom acesso à escola. Esquecemos que a educação possui dimensões múltiplas, o que não pode limitar a educação à prática ou ao espaço escolar. Educamos sob contextos diferentes e hoje de forma cada vez mais desafiadora.


A educação é um processo e para que seja eficiente precisa ser um processo cooperativo, família e escola precisam estar mais que unidas, precisam estar alinhadas, com discursos e práticas “afinadas”...

Mesa Educadora - Araçariguama - SP


Projeto Mesa Educadora - UNESCO
Araçariguama - SP

Capivari SP - Encontro de Educadores

Vivemos papéis “pré” definidos pela sociedade e isso às vezes impede nosso desenvolvimento. Não percebemos que cada papel carrega em si o próprio limite de atuação. O padrão favorece o convívio, mas reduz a autonomia crítica, perdemos espaço para a criação de performances alternativas... Será que o papel que desempenhamos socialmente é a única maneira de viver e agir? 


Buscar o avesso da cena é lançar um olhar sobre o que acontece nos bastidores do espetáculo da vida, que é apresentado ao grande público. Reconhecer a beleza do cotidiano encontrando a felicidade nas coisas simples da vida em constante metamorfose. 


                                                                                                                                         Ailton Dias







quinta-feira, 13 de março de 2014

Mesa Educadora - São Caetano do Sul


Mesa Educadora inicia ações no ano com palestra de Ailton Dias de Melo
Alexandre Costa
da Redação

Centenas de professores de São Caetano do Sul participaram na noite desta quarta-feira (26/2) de uma palestra com o educador Ailton Dias de Melo, no Teatro Paulo Machado de Carvalho, no Bairro Santa Maria. O evento marcou o início das atividades de 2014 da Mesa Educadora, espaço de capacitação profissional aberto a professoras, diretoras, educadoras de apoio e toda a equipe das escolas de Educação Infantil da cidade.

“Nossa rede de ensino tem um foco muito forte na capacitação dos educadores de todos os níveis. Para oferecermos uma educação de qualidade para nossos jovens temos de nos aprimorar sempre, e é isso que a Mesa Educadora proporciona às nossas escolas de Educação Infantil”, destaca a secretária municipal de Educação de São Caetano, Ivone Braido Voltarelli.

Discutindo o tema “Olhar além do que se pode ver – Uma abertura para novos pensamentos”, Ailton Dias de Melo convidou os educadores de São Caetano a pensarem em novas práticas para buscarem a escola ideal. “A mudança de nosso ensino depende de nós educadores e apenas de nós. Somos a força capaz inclusive de impulsionar o sistema”, avaliou.

O palestrante destacou que o sistema de ensino de São Caetano pode mostrar ao País os rumos a tomar em busca de uma educação mais efetiva. Ele também ressaltou que quase todos os professores acreditam ser necessário mudar o modelo das escolas, portanto é necessário iniciativa para fazer as alterações. “Se a gente continuar pensando e agindo da mesma forma, o resultado será sempre o mesmo”, afirmou.

Reflexão – Antes do início da palestra de Ailton Dias de Melo, o diretor do Centro de Capacitação dos Profissionais da Educação (Cecape) Dra. Zilda Arns, André Stábile, propôs um momento de reflexão aos participantes do evento sobre os valores da gentileza, auto-respeito, honestidade e gratidão. Ele também reforçou que o objetivo coletivo dos educadores de São Caetano é criar uma rede de ensino de alto rendimento.

A coordenadora técnica da Mesa Educadora em São Caetano, Mônica Pinheiro de Souza Melim, lembrou que o projeto chega a sua 5ª edição este ano e agradeceu aos apoiadores da iniciativa. A Mesa Educadora surgiu de um projeto do Fundo do Milênio para a Primeira Infância da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e é fruto de uma parceria da Prefeitura com o Grupo Gerdau, com gestão técnica do Instituto Razão Social e apoio de parceiros locais em São Caetano.


Fonte:

http://www.abcdoabc.com.br/sao-caetano/noticia/palestra-professores-paulo-machado-17949

http://www.saocaetanodosul.sp.gov.br/interna.php?conteudo=7550

domingo, 9 de março de 2014

PALESTRA:

Novas Tecnologias na Educação: Contribuições e Desafios
                                          Professor Ailton Dias de Melo




Educar na sociedade da informação não é apenas investir em aparato tecnológico e ensinar a usá-lo. Não adianta a criança ou o jovem saber como utilizar a ferramenta digital; é preciso educá-lo sobre como usá-la de maneira responsável, ética e segura. É preciso orientar para o uso correto da rede, indicando as conseqüências da utilização inapropriada não só para o indivíduo, mas também para a sociedade.

Artefatos tecnológicos não trazem vantagens, se não forem explorados de acordo com seu potencial. Crianças e jovens necessitam conhecer as possibilidades abertas pelas novas tecnologias para que possam escolher, dentre as diversas ofertas, aquelas que lhes trarão verdadeiros progressos cognitivos. É preciso notar que ao utilizar recursos mais sofisticados para a criação e produção de algo novo, estimula-se a capacidade criativa, tornando os envolvidos mais capazes, desafiados e motivados.



Muito trabalho...


domingo, 26 de janeiro de 2014